Desmitificando o que é a transformação digital na Educação Corporativa

Mais do que a adoção de ferramentas modernas de TI, a transformação digital proporciona vantagem competitiva para a empresa. Especialmente quando aplicada na educação corporativa.
fundo-verde-pequeno

Receba conteúdos gratuitos no seu e-mail

fundo-roxo-peqeno
transformação-digital

Você já notou que com o avanço das tecnologias como a inteligência artificial, a IoT (Internet das coisas), a robótica e as mais variadas ferramentas digitais, o mundo e nós não somos mais os mesmos? E não para por aí, essas mudanças também impactam na educação corporativa. Sendo assim, é importante que as empresas se perguntem o que é a transformação digital pela qual passamos e qual seu papel nisso tudo.   

  

Leia mais:  

  

Atualmente vivemos a Revolução Digital 4.0. Em resumo, é um tipo de transformação digital onde vemos inovações em automações, controle e tecnologias da informação. E já faz um tempo que essas mudanças também fazem parte das empresas. Já são, inclusive, esperadas pelas organizações que estão cientes da necessidade de digitalização.  

Portanto é importante entender o que é a transformação digital nas empresas. Só assim o setor de T&D conseguirá mensurar os impactos dessas mudanças nas ações de treinamento e desenvolvimento.     

O que é transformação digital  

Aposto que você está se perguntando o que é a transformação digital que tanto falam desde o começo da pandemia, né? Tem um motivo para ser tão falada: a mudança está mais viva do que nunca.  

A transformação digital no meio corporativo, em resumo, consiste na adoção de ferramentas tecnológicas que entreguem algum tipo de vantagem competitiva para a empresa. Ou seja, está longe de ser apenas a digitalização de processos. Ela precisa colocar as empresas a frente dos concorrentes.  

Dessa forma, a adoção de tecnologias que instiguem a inovação é muito bem-vinda. E isso também vale para novas formas de treinar e desenvolver os colaboradores. Assim se cria uma vantagem competitiva para a organização. Ou seja, a educação corporativa acaba como uma aliada da transformação digital.     

 

 

E na educação corporativa o que é a transformação digital   

A educação corporativa reflete diretamente na cultura da empresa. Isso porque estimula o conhecimento, incentiva a troca de informações e experiências e promove processos de ensino aprendizagem a partir de um senso forte de pertencimento. Então, isso acaba tornando a empresa mais bem preparada para o mercado, por meio de seus talentos desenvolvidos.   

Portanto, quando nos perguntamos o que é a transformação digital na educação corporativa, a resposta é simples. São mudanças que otimizam suas ações de treinamento e desenvolvimento, feitas através de tecnologias adotadas pelo setor de RH. Visando melhorar e potencializar a experiência de aprendizado dos colaboradores.  

Ou seja, tecnologias que deixarão os funcionários mais bem preparados para as mudanças do mercado e para desenvolvê-los como profissionais de alta performance. Dessa forma, retendo talentos e mantendo sua competividade de mercado.  

Mas atenção! Para que a transformação digital realmente tenha o efeito desejado, escolha ferramentas alinhadas com os objetivos de T&D, o perfil dos colaboradores e o orçamento disponível. Afinal de contas, o que realmente importa é ganhar competividade, independente da tecnologia escolhida.     

Os benefícios da transformação digital para a educação corporativa das empresas    

A gente sabe bem quais os principais objetivos que as empresas buscam: maior produtividade, melhoria da qualidade de serviços ou produtos e aumento de valor competitivo. Mas o que nem todo mundo sabe é que para atingir o sucesso é necessário estar disposto a mudar, se reinventar e sobretudo se transformar.   

A transformação digital na educação corporativa surgiu principalmente com o intuito de facilitar, agilizar e tornar mais fácil o compartilhamento de conhecimentos. Além disso, são capazes de:  

  • Motivar;  
  • Estimular a criatividade;  
  • Reduzir custos e etc.  

E não para por aí, ela é flexível e possibilita ao colaborador ter acesso a diversos formatos, como por exemplo:  

  • Vídeos;  
  • Áudios;  
  • Jogos corporativos;  
  • E-book e muito mais.  

Dessa forma, a transformação digital já era uma tendência antes mesmo do início da pandemia, em 2020. Porém, com a forte necessidade de se adaptar a uma nova realidade, esse processo foi acelerado. E só então percebemos que sim, dá certo investir em tecnologia em diversos setores.  

Além disso, investir em transformação digital tem se tornado um fator crucial para o crescimento das empresas. Afinal de contas, por meio da tecnologia é possível ser mais eficiente ao mesmo tempo que melhora a experiência com clientes e até mesmo funcionários. 

Quer mais motivos para investir na transformação digital em sua empresa? Aqui alguns exemplos: 

  • Redução de tarefas manuais – automatização de processos; 
  • Padronização de processos – maior qualidade; 
  • Vantagem competitiva no mercado; 
  • Aumento da produtividade; 
  • O negócio expande para novas oportunidades.   

Tecnologias a favor do RH    

Atualmente, a tecnologia tem tornado tudo mais ágil. Afinal, as informações estão disponíveis a todo momento, nas mais diversas formas, a um clique de distância. As maneiras de se comunicar entre as pessoas – e entre pessoas e máquinas: por que não? – evoluíram. Além disso, elas têm contribuído positivamente na aquisição do conhecimento.  

Assim, muitos gestores (principalmente de RH) entendem que a transformação digital pode contribuir muito com o desenvolvimento cultural dentro da empresa. Dessa forma, proporcionando melhorias na qualidade dos negócios e na competividade no mercado a partir do desenvolvimento da equipe. Mas como isso pode ser feito? Bem, através da educação corporativa digital!  

Conforme falamos anteriormente, inovações são a peça-chave da Revolução Digital 4.0, totalmente voltada às tecnologias. Nesse sentido, as empresas, em especial o setor de RH, precisam traçar diagnósticos que possam mostrar como se encontram seus colaboradores. A partir de uma visão futura, elas precisam compreender as necessidades e como desenvolver esses talentos, fazendo uso da transformação digital.   

Tendências e ferramentas para a transformação digital    

Quando a organização e o RH decidem investir na educação corporativa e acreditar na transformação digital de seus profissionais, um leque de tendências e ferramentas ficam à disposição. E nós separamos os principais:  

 1 – Ensino a Distância (EaD)  

Não tem como entender o que é transformação digital na educação corporativa se não falarmos do Ensino a Distância. Desde que surgiu no século XIX, com os cursos por correspondência, o EaD tem representado uma revolução na educação – tanto a formal quanto a corporativa.  

Atualmente esse modelo de aprendizagem conta com o estudo por meio de recursos digitais, sem a necessidade de um professor presencialmente passando o conteúdo. Essa realidade tem aparecido cada vez mais nas ações de T&D por ser mais flexível com horários, turmas e locais. Além disso, ela permite que os participantes aprendam em seu próprio ritmo e com objetivos claros. Geralmente, o EaD é viabilizado através de um LMS.   

2 – Mobile Learning   

Assim como o LMS, o mobile learning é uma maneira de viabilizar o ensino a distância. No entanto, essa modalidade de ensino usa a familiaridade dos alunos com aparelhos móveis (smartfones, tablets, etc) para oferecer experiências de aprendizagem que favoreçam a mobilidade dos colaboradores.  

O conteúdo produzido para a aprendizagem móvel leva em conta seu formato e a maneira como ele será consumido. Bem como permite maior flexibilidade na capacitação de colaboradores que independentemente de onde eles estejam.   

3 – Mídias digitais    

Você já deve ter notado que cada vez mais nos informamos através das mídias digitais como Facebook, Instagram, Twitter, certo? Pois então, essas ferramentas inauguraram uma “era” da aprendizagem colaborativa. Ou seja, um momento em que compartilhar nossa expertise se tornou bem mais simples.  

Dessa maneira, é possível usar a aprendizagem colaborativa para fazer a gestão do conhecimento das empresas e alimentar canais como blogs, YouTube e mesmo podcasts. Meios que, mais tarde, servirão para capacitá-los. Além disso, a ideia de aprender com o colega e vê-lo em vídeo ou áudio, por exemplo, acaba gerando ainda mais interação e engajamento por parte dos participantes.    

4 – Personalização de Projetos    

Treinamentos de prateleira podem ser ótimos para suprir necessidades urgentes e pontuais. Mas o ideal é investir em projetos de T&D personalizados, desenvolvidos totalmente de acordo com a realidade da empresa e seus objetivos.  

Através da personalização também é possível desenvolver projetos de Microlearning ou Pílulas do Conhecimento, que são conteúdos de curta duração com a finalidade de facilitar o processo de aprendizagem. Assim, conteúdos mais complexos ou até mesmo lembretes ficam mais fáceis de serem compreendidos pelos participantes.    

6 – Trilhas de aprendizagem    

E já que estamos falando de projetos personalizados, que tal levar em consideração as Trilhas de Aprendizagem? Essa ferramenta possibilita a criação de caminhos de aprendizado específicos para cada colaborador 

As trilhas são desenvolvidas de acordo com as habilidades e competências que os gestores esperam que os colaboradores adquiram. Assim, criando uma experiência única através do processo de ensino baseado em suas necessidades.  

7 – Gamificação    

Atualmente é bem difícil encontrar alguém que não é – ou já foi – um entusiasta dos jogos. Sejam eles de tabuleiro ou eletrônicos, por exemplo. Por isso a Gamificação tem se tornado uma ferramenta tão explorada na educação corporativa.  

Ao usar a mecânica dos jogos para criar as ações de treinamento e desenvolvimento, a Gamificação proporciona uma aprendizagem mais motivadora, engajadora e dinâmica. Que também facilita a absorção do conhecimento.    

8 – Mensuração dos resultados    

Esqueça qualquer pessoa que já tenha dito que é impossível mensurar os resultados dos treinamentos. Porque sim, é possível fazer isso. Quando a transformação digital trouxe para o setor de RH várias tecnologias para otimizar as ações de treinamento e desenvolvimento, facilitou também o acompanhamento delas.  

Ou seja, uma vez que os parâmetros do sucesso das ações foram definidos, as tecnologias auxiliam o setor de RH a verificar cada um deles. Dessa forma, permitindo uma avaliação assertiva sobre custos, efetividade e futuras mudanças necessárias.    

Entender o que é transformação digital na prática ajuda a sua empresa!    

Diante de todas essas possibilidades e facilidades, não há como não investir em educação corporativa por meio das tecnologias. Então, agora que você já entende o que é transformação digital e como o RH pode usá-la no treinamento e desenvolvimento, que tal melhorar a cultura da sua organização e permitir que o digital transforme a sua realidade?  

Aqui na Evolke somos especialistas em educação corporativa e podemos te ajudar nessa jornada de transformação digital. Te auxiliamos na escolha das melhores ferramentas e no desenvolvimento das suas ações alinhadas com os objetivos do negócio. Clique no banner abaixo e agende uma consultoria gratuita com o nosso especialista! 

 

transformacao-digital

fundo-6
detalhe-5

Peça uma demonstração

Por que escolher
a Evolke

Dimensionamos as reais demandas educacionais da sua organização para agilizar o proceso de escolha da melhor solução.

+10 mil

colaboradores
capacitados

investimento
médio inferior a

R$10

por colaborador

facilitando o
T&D desde

2012

fundooo-5
fundo-6