O que é a Educação Corporativa, como implantar na sua empresa + 9 tendências tecnológicas

A educação corporativa surgiu como uma forma de diminuir o gap entre a educação formal e as necessidades do mercado de trabalho, de forma a preparar o colaborador para enfrentar os desafios diários e reais de cada cargo.
fundo-verde-pequeno

Receba conteúdos gratuitos no seu e-mail

fundo-roxo-peqeno
educao-corporativa

Imagine-se nos tempos de faculdade: pense na lista de disciplinas que você tinha que aprender para conseguir o diploma. Provavelmente você já se perguntou: será que vou usar isso um dia? Em teoria, a educação formal deveria nos preparar para a vida profissional. No entanto, a realidade é outra. A maioria dos egressos de universidades admitem não se sentirem preparados para exercer a profissão escolhida após concluir o curso. E é aí que surge a necessidade da educação corporativa. 

  

Leia mais:  

  

E sabe por que ela surgiu? Empresas que se preocupam com o capital humano e o seu desenvolvimento, perceberam que apenas o treinamento tradicional já não é eficiente. Pois é necessário treinar as pessoas conforme as necessidades da empresa. Além de visar pelo bom desempenho dos colaboradores, ter em vista um ambiente de trabalho saudável. 

Dessa forma, se a empresa deseja se desenvolver e se tornar mais competitiva deve investir no desenvolvimento das habilidades de seus profissionais. Afinal, é por meio dos colaboradores que a organização conseguirá chegar aos resultados traçados como objetivo do negócio. 

O que é educação corporativa e a diferença entre o treinamento tradicional 

De modo geral, podemos dizer que a educação corporativa tem seu foco no desenvolvimento das competências críticas para o sucesso de uma empresa. Em outras palavras, significa que organizações em diferentes segmentos terão focos de aprendizagem distintos. Afinal, devem desenvolver as habilidades necessárias para seus mercados específicos. 

Dessa forma, é criada uma cultura de aprendizagem com foco no desenvolvimento de competências para criar, absorver e compartilhar conhecimentos. Além disso, o aprendizado corporativo se beneficia de experiências anteriores, ou seja, aperfeiçoa o que o colaborador já sabe. 

Para Eboli (2004), a educação corporativa pode ser definida como um conjunto de ações que possibilita o desenvolvimento dos colaboradores. Bem como, tem foco nas competências empresariais e humanas que são estratégicas para o sucesso do negócio. 

educacao-corporativa

Educação corporativa x Treinamento tradicional 

A educação corporativa tem uma abordagem diferente da área de treinamento tradicional. Por exemplo: é possível que a capacitação de habilidades sociais (soft skills) faça sentido para uma empresa de logística como para uma indústria. No entanto, as semelhanças podem parar por aí. Veja a comparação no quadro abaixo: 

 

Treinamento tradicional  Educação Corporativa  
Foco no desenvolvimento das habilidades individuais.  Foco no desenvolvimento das habilidades críticas para o sucesso da empresa.  
Ênfase nas necessidades pontuais do colaborador.  Ênfase nas necessidades estratégicas do negócio.  
Objetiva melhorar habilidades e competências individuais.  Objetiva o aumento da competitividade e produtividade da empresa.  
Visão de curto-médio prazo.  Visão de médio-longo prazo.  
Aprendizagem passiva: igual a sala de aula tradicional.  Aprendizagem ativa: o colaborador é protagonista na aprendizagem.  
Avalia o número de pessoas treinadas.  Avalia o resultado obtido pelo negócio.  

 

Ou seja, a educação corporativa se preocupa em treinar pessoas para o negócio funcionar. Bem como, torna-lo mais produtivo e melhorar os resultados. Enquanto o treinamento tradicional tem um formato sem foco nos objetivos estratégicos da empresa e não mensura os resultados das ações. 

Educação corporativa no cenário tecnológico  

Eboli (2004) diz que é importante usar a tecnologia a serviço do trabalho para aumento do seu conhecimento. Além disso, o desenvolvimento tecnológico tornou mais fácil o acesso a aprendizagem. Ou seja, tornou o aprendizado à distância indispensável e acessível. 

De modo geral, a modalidade EaD tornou a aprendizagem mais interativa e cooperativa. O que é uma grande vantagem para as empresas. Porém, engana-se quem pensa que basta apenas investir nas melhores tecnologias e aplicar para seu público. Afinal, para um aprendizado efetivo é necessário conhecer o perfil de seus colaboradores, e assim, oferecer a metodologia mais adequada. 

Sendo assim, já se foi o tempo em que falávamos em educação corporativa e o que vinha em mente era o aprendizado formal. Ou seja, numa sala de aula com conteúdos extensos e maçantes. A realidade já é outra, o perfil das pessoas mudou e é importante as empresas terem essa visão. Pois desse modo a aprendizagem do profissional será efetiva e dará retorno aos resultados do negócio.  

Vantagens para a empresa que trabalha com tecnologia na educação corporativa  

Aqui na Evolke, acreditamos que uma educação corporativa ágil se faz com ferramentas modernas e aprendizagem colaborativa. Desse modo é possível automatizar processos e otimizar tempo desprendido nas atividades. 

Sendo assim, ao utilizar recursos tecnológicos a empresa pode se beneficiar e muito. Como por exemplo: 

  • Redução de custos: afinal os treinamentos em uma sala de aula geram mais despesas. 
  • Facilidade na mensuração de resultados: o gestor consegue gerar dados estratégicos que o ajude a mensurar se os treinamentos estão ou não dando os resultados esperados. 
  • Agilidade: afinal, utilizando a tecnologia o aprendizado se torna bem mais rápido, isso porque, o tempo desprendido em um treinamento é otimizado. 
  • Flexibilidade: não é preciso contar com um espaço físico, ou seja, o treinamento pode ser realizado de qualquer lugar a qualquer momento. Porém, de acordo com o combinado entre a empresa e o funcionário. 

Essas são apenas algumas das vantagens para a empresa. Como resultado, as organizações ligadas ao futuro e engajadas em alcançar os objetivos do negócio devem se atentar as tendências de mercado.  

9 tendências tecnológicas que auxiliam a educação corporativa 

Antes de mais nada, é importante ter em mente que nada adianta você oferecer um computador, um arquivo de PDF e esperar que seu colaborador tenha uma aprendizagem proveitosa. Certamente ela não será efetiva, sabe por quê? O profissional precisa se sentir motivado e engajado, aplicar um modelo tradicional só que de maneira virtual não vai melhorar o desempenho. 

Além disso, por mais que as pessoas estejam cada vez mais conectadas a tecnologia elas estão cada vez mais propensas a prestar menos atenção. 

Até pouco tempo atrás acreditava-se que uma pessoa conseguia prestar atenção em uma aula ou palestra por 45 a 50 minutos. No entanto, estudos recentes comprovam que após 10 ou 20 minutos, os níveis de interesse caem perigosamente. 

É um dado interessante para a educação corporativa, né? Afinal, ao oferecer um treinamento você espera que ele dê os resultados traçados como objetivo do negócio. E se o colaborador não absorve o conteúdo, não vai conseguir aplica-lo na prática. 

Engana-se quem acha que as tendências tecnológicas para treinar colaboradores são apenas videoconferências e livros digitais, por exemplo. O avanço da tecnologia nos trouxe recursos bem mais engajadores e interativos. Veja abaixo: 

1 – Trilhas de aprendizagem 

É um conjunto integrado e sequenciado de experiências que guiam o colaborador pelo processo de aprendizado. Em resumo, tem como objetivo promover a capacitação contínua do profissional. 

Além disso, a trilha de aprendizagem pode ser desenvolvida de forma linear. Dessa forma, o colaborador precisa seguir uma sequência para consumir os conteúdos, já que o cumprimento de um é pré-requisito para acessar o próximo. 

Bem como, pode ser em um formato agrupado. Ou seja, sem ordem pré-estabelecida e o colaborador escolhe quais conteúdos deseja consumir primeiro. 

O processo da trilha de aprendizagem se preocupa com a aquisição do conhecimento do pré e pós aprendizado. Dessa forma, relaciona a educação prática e teórica para alcance do objetivo final. 

Alguns dos benefícios que a trilha de aprendizagem traz por exemplo: 

  • Incentivo na autonomia dos colaboradores para seu próprio aprendizado; 
  • Estímulo da aprendizagem contínua como um hábito. 

Leia também: Seus Programas de T&D não dão resultado? Invista em Trilhas de Aprendizagem 

2 – Gamificação  

Tendo em vista que a trilha de aprendizagem é uma das melhores formas para a aprendizagem continuada, utilizar gamificação a torna mais descontraída e leve. Além disso, é mais fácil mensurar resultados. Afinal, pode ser aplicado pontuações, ranking, missões e até brindes para os melhores resultados. 

A gamificação torna o estudo engajador e motivador. Do mesmo modo, quando aplicado nas trilhas de aprendizagem não só captura a atenção do colaborador como ajuda na absorção de conhecimento. 

Através da gamificação os colaboradores são estimulados a seguir sua jornada. Afinal, seu progresso será uma das maiores descobertas do jogo. Além disso, o feedback imediato serve para o colaborador entender onde está errando e o que precisa ser feito para melhorar. 

Saiba mais: Gamificação não é jogo: como essa ferramenta beneficia as ações de T&D da sua empresa?  

3 – Metaverso 

Até o momento o Metaverso é um conceito, desenvolvido pela Meta – antiga Facebook – onde o mundo virtual estaria cada vez mais integrado ao mundo físico. E essa nova realidade pode ser trazida para a educação corporativa. 

Nele pode ser combinado vários tipos de tecnologia, como por exemplo: 

  • Realidade aumentada; 
  • Realidade virtual; 
  • Jogo corporativo; 
  • Simulador. 

Criando, por exemplo, uma sala no mundo virtual, onde participantes e instrutores interagem um com os outros através de seus avatares. Tornando a aprendizagem fantástica e com muitos elementos visuais que prendem a atenção do colaborador.  

4 – Mobile Learning  

Essa metodologia de ensino cria um ambiente de aprendizagem à distância, com apoio de aparelhos móveis – como tablets e smartphones. Por meio dela é possível criar e aplicar diferentes formatos engajadores para as ações de treinamento. 

Além disso, estamos cada vez mais conectados ao celular e podemos usar isso a favor das empresas, inserindo hábitos saudáveis de aprendizagem. O formato desse conteúdo precisa ser adaptado para telas pequenas, ou seja, simples e otimizado. Tornando assim, o treinamento dos colaboradores envolvente e dinâmico.  

5 – Fóruns    

O fórum permite uma aprendizagem colaborativa. Isso porque os colaboradores podem interagir entre si e com os instrutores. É uma ferramenta, sobretudo simples que pode existir em praticamente qualquer LMS, e é ideal para tirar dúvidas.  

Além disso, através do fórum o instrutor pode ter uma ideia de como estão os conhecimentos de seus alunos (colaboradores). Em resumo, os fóruns permitem a interação e a troca de conhecimento, possibilitando o desenvolvimento dos usuários.  

6 – Hyperbook    

Pode ser parecido com um e-book, mas possui suas diferenças. Afinal o hyperbook é mais interativo, pois precisa da participação do colaborador para funcionar 100%. Neste modelo é possível incluir vários elementos de mídia, como por exemplo:  

  • Vídeo;
  • Podcast;
  • Quizz;
  • Recursos de marca-texto.

Outro ponto interessante é que o hyperbook pode ser incluído dentro de uma trilha de aprendizagem, em plataformas do tipo LMS. Como resultado, favorecendo que o gestor possa acompanhar a evolução do colaborador e avaliar os resultados.    

7 – Podcast   

É um formato de conteúdo relativamente fácil e demanda pouco custo para a produção. Em resumo, um podcast é um programa de rádio da atualidade. Assim, pode ser oferecido de forma sequencial ou em série singular.   

Além disso, podem ser tanto: 

  • De produção interna: ou seja, produzido e distribuído pelo setor de T&D da empresa. Onde compilam conhecimentos dos colaboradores para ajudar a treinar e desenvolver colegas.   
  • Bem como, de inclusão externa: ou seja, quando as ações de T&D utilizam episódios de terceiros para auxiliar no treinamento e desenvolvimento de seus funcionários. 

8 – Vídeos interativos   

Esse formato de conteúdo digital usa tecnologia para permitir que o usuário escolha quais caminhos vai tomar, interferindo na maneira como vai assistir o vídeo. Ou seja, o colaborador deixa de ser um espectador e passa a ser usuário.   

Sendo assim, o vídeo interativo é uma ótima ferramenta para a educação corporativa, afinal, favorece o dinamismo. E a aprendizagem passa de passiva para ativa. Afinal, o colaborador precisa interagir e colaborar para seguir em frente com o treinamento. 

9 – Plataforma de gestão de treinamentos (LMS)   

Essa tecnologia foi desenvolvida para gerenciar a estrutura e processo em que ocorre a aprendizagem através da disponibilização de conhecimento. Em um LMS o conhecimento se torna disponível por meio de cursos e treinamentos, ao mesmo tempo que ocorre o registro de dados importantes para gestores.  

Sobretudo, uma plataforma de LMS possibilita a gestão de informações sobre os usuários individualmente, e com essas informações é possível que o gestor colete dados capazes de identificar as potencialidades da equipe, bem como, talentos não revelados e etc.  

Saiba mais:  

Benefícios que a educação corporativa traz para o desempenho dos profissionais 

Em primeiro lugar, a educação corporativa está longe de ter foco apenas no retorno de resultados que a empresa terá com profissionais bem qualificados. Ela precisa ter como alvo a satisfação do colaborador e tornar o aprendizado instigante. Pois assim os profissionais percebem que são valorizados. 

E sentir-se integrado, principalmente melhora os resultados entregues. Vejamos alguns dos benefícios que a educação corporativa traz para o colaborador:  

1 – Motivação e engajamento  

Conforme falamos, motivação e engajamento são fatores chaves para uma aprendizagem efetiva. A educação corporativa tem o poder de estimular o profissional a conhecer e desenvolver novas habilidades.   

Além disso, o colaborador percebe que a empresa se preocupa com seu desenvolvimento, e se sente motivado a se aperfeiçoar. Afinal, ao se sentirem valorizados veem chances de crescimento profissional.  

2 – Inovação   

Quando o profissional desempenha suas tarefas com mais assertividade e conhecimentos da prática, acima de tudo, surge a possibilidade de ideias criativas e inovadoras. Isso cria uma aprendizagem contínua, pois aos poucos o colaborador vai se aperfeiçoando e encontrando novas formas de trabalhar.   

3 – Retenção de talentos  

Ao investir no desenvolvimento de seus funcionários, a empresa diminui as chances de turnover. Além disso, aos poucos vai se construindo equipes de trabalho sólidas e com profissionais bem capacitados.   

4 – Melhora na produtividade   

Profissionais qualificados tendem a produzir mais em menos tempo. Além disso, conseguem realizar suas atividades com maior assertividade evitando assim retrabalho.    

Oferecendo educação através da Universidade corporativa  

Uma universidade corporativa, em resumo, é uma instituição de ensino ligada à empresa, podendo ser pública ou privada. Com ela é possível oferecer treinamentos para diversas áreas, sendo de nível técnico ou superior. Bem como, visa oferecer os cursos para os funcionários, criando uma cultura de aprendizagem de acordo com os objetivos do negócio. 

Com uma universidade corporativa fica mais fácil ligar educação e tecnologia. Além disso, ela permite uma estruturação completa da aprendizagem. Sendo assim, são várias as vantagens que uma UC pode trazer para a empresa. Como por exemplo: 

  • Missão, visão e valores alinhados;  
  • Capacitação imediata de novos colaboradores;  
  • Capacitação focada no amanhã;  
  • Redução de custos;  
  • Valorização dos colaboradores;  
  • Aumento nos resultados e pontualidade.   

Para desenvolver uma UC não necessariamente você precisa de um espaço físico. Isso porque muitas empresas utilizam um LMS para construí-la. Afinal, demanda menos investimentos do que uma sede com salas de aulas, por exemplo. 

Além disso, desenvolver uma universidade corporativa em plataformas digitais é mais vantajoso. Isso porque, através desse canal os conteúdos podem ser oferecidos 24 horas por dia, ou nos horários definidos pelo RH. 

Através dela é possível agrupar todos os programas educacionais de T&D da empresa. Ou seja, tornar ela um ponto de referência dos colaboradores, para buscar informações sobre processos, cultura e desenvolvimento. 

Quer saber mais sobre como ter uma universidade corporativa? Leia mais: 6 passos simples para implementar uma Universidade Corporativa 

Gestão do conhecimento 

Em resumo, a gestão do conhecimento é um processo de criação, conservação, curadoria e distribuição do conhecimento gerado no ambiente de trabalho. Sendo assim, é indispensável para uma universidade corporativa efetiva.  

Isso porque, a gestão do conhecimento possibilita que colaboradores troquem conhecimentos, contribuindo com a formação e capacitação. Além disso, essa prática se dá em vista da missão, visão e valores da empresa.   

Dessa forma, a gestão do conhecimento desenvolve multiplicadores internos capazes de colocar em prática tudo o que é aprendido.   

educacao-corporativa 

Além disso, a gestão do conhecimento traz muitas vantagens, algumas delas são por exemplo:  

  • Diferencial competitivo frente à concorrência;  
  • Redução de custos e otimização do tempo produtivo;  
  • Potencialização do capital intelectual;  
  • Melhoria contínua dos processos produtivos;  
  • Inteligência para tomada de decisões;  
  • Maior agilidade na prestação de serviços;  
  • Maior qualidade percebida dos produtos;  
  • Satisfação dos clientes.  

Mas lembre-se: para uma gestão do conhecimento efetiva é necessário escolher as ferramentas certas que incentivem seus colaboradores a registrar o conhecimento e compartilhá-los.    

Como você pode implantar a Educação corporativa na sua empresa   

Espero que com este artigo tenha esclarecido o que é a educação corporativa, e como ela está inteiramente ligada ao sucesso de uma empresa. Afinal, o capital humano deve ser visto como o grande valor de uma organização.  

Assim como, treinar profissionais vai muito além de apenas capacitá-los para realizar determinadas atividades. Isso porque ter a capacidade de aprender, absorver e compartilhar esse conhecimento é o que torna um aprendizado eficaz.  

Além disso, profissionais capacitados estarão mais motivados e engajados, criando assim um ambiente de trabalho saudável e produtivo. Como resultado você terá: retenção de talentos e alcance dos objetivos do negócio.  

Para sermos sinceros, não é fácil implementar uma educação corporativa, ela não nascerá de um dia para o outro. Antes de mais nada, é necessário entender seu público, planejar quais serão as metodologias a ser utilizadas e vários outros pontos.  

Por isso, a recomendação é definir uma pessoa competente de sua equipe interna e contratar uma consultoria capaz de transferir conhecimento, ferramentas, métodos, boas práticas e macetes para o desenvolvimento da educação empresarial. Sem esquecer, principalmente de medir os resultados obtidos.   

A Evolke é especialista em Educação Corporativa e Gestão do Conhecimento! 

Se você procura implementar educação corporativa em seu negócio, está no lugar certo! Afinal, a Evolke é especialista nisso. Temos como foco ajudar as empresas a desenvolverem suas áreas de treinamento e desenvolvimento. 

Trabalhamos com muitas das ferramentas que te apresentamos como auxiliares da educação corporativa. Podemos te ajudar a fazer a gestão do conhecimento da sua empresa, bem como, planejar os treinamentos da sua universidade corporativa. 

Algumas de nossas soluções são, por exemplo: 

  • Desenvolvimento de universidade corporativa; 
  • LMS; 
  • Jogos corporativos; 
  • Trilhas de aprendizagem; 
  • Curadoria de conteúdo; 
  • Fábrica de conteúdo; 
  • Avaliação de treinamentos; 
  • Logística de treinamento; 
  • Estúdio de gravação. 

Além disso, a Evolke acredita que a educação corporativa tem reflexo direto na cultura de uma organização. Isso porque estimula o conhecimento além de incentivar a troca de informações. Pois isso torna a empresa mais prepara para o mercado, por meio dos seus talentos desenvolvidos. 

Portanto, diante das muitas possibilidades e facilidades, não há como não investir em educação corporativa por meio das tecnologias. Nós podemos te ajudar nessa jornada, e transformar o aprendizado da sua empresa bem mais efetivo e dinâmico.  

Então, depois desse super conteúdo sobre a importância da educação corporativa, e o quanto ela está ligada a gestão do conhecimento, não perca mais tempo e invista no desenvolvimento da sua empresa. Foco no capital humano do seu negócio, beneficia não só com profissionais bem capacitados, mas também com um ambiente de trabalho saudável. 

Temos 12 anos de experiência no mercado, conte conosco para melhorar os resultados de seu negócio! Clique no banner abaixo e agende uma conversa com nossos especialistas: 

fundo-6
detalhe-5

Peça uma demonstração

Por que escolher
a Evolke

Dimensionamos as reais demandas educacionais da sua organização para agilizar o proceso de escolha da melhor solução.

+10 mil

colaboradores
capacitados

investimento
médio inferior a

R$10

por colaborador

facilitando o
T&D desde

2012

fundooo-5
fundo-6