Podcast e Gamificação na aprendizagem corporativa: o que você está perdendo

Investir em formatos e ferramentas que conversem diretamente com os hábitos dos seus alunos é uma maneira eficaz de entregar aprendizagem. Afinal de contas, é mais fácil se interessar pelos modelos que já estamos acostumados a consumir.
fundo-verde-pequeno

Receba conteúdos gratuitos no seu e-mail

fundo-roxo-peqeno
Podcast e Gamificação na aprendizagem corporativa

Com a quantidade de ferramentas e novos formatos de conteúdo que surgem todos os anos, parece impossível lembrar de uma época em que não estávamos cercados pela internet e todos os seus subprodutos, né? É tanta coisa que as vezes ficamos perdidos em meio as novidades, sem saber ao certo o quê e por que usar algo. E é bem por isso que vamos falar sobre podcast e gamificação na aprendizagem corporativa.

Leia Também:

Desenvolver treinamentos eficazes exige investir em formatos e ferramentas que tenham a ver com o seu público. Por isso é importante buscar por aquilo que eles consomem no dia a dia, de forma que possa aplicá-los na aprendizagem corporativa. E é aí que entra o podcast e a gamificação.

Em 2019, a plataforma de streaming Deezer apontou um aumento de 67% no consumo de podcasts no Brasil. Além disso, uma pesquisa de 2020 da AdColony mostrou que os brasileiros passam, em média, 5 horas por dia jogando no celular. Dados como esse deixam a pergunta no ar: o que você está perdendo ao não investir em podcast e gamificação na aprendizagem corporativa?

O que é Podcast?

Você pode até não escutar mais rádio, mas aposto que ainda se lembra dos seus programas e blocos preferidos do passado, né? Então, uma forma bem simples de explicar o podcast é: eles são os programas de rádio da atualidade. A diferença é que esses arquivos de áudio são distribuídos através de plataformas como o Deezer e podem ser escutados através de aplicativos como Spotify e iTunes.

Eles têm esse nome por causa do seu formato de distribuição, o podcasting, que é um método de transmissão de arquivos de áudio que usa a tecnologia RSS (Really Simple Syndication). Sendo assim, eles podem ser consumidos através de qualquer plataforma que possua um feed em RSS e em diferentes dispositivos – desktop, tablet, smartphones.

Suas temáticas são diversas, indo desde programas de variedades até assuntos técnicos como vendas, marketing e customer success. Com isso podem ser oferecidos de forma sequencial, onde são abordadas diferentes facetas de um mesmo assunto, ou em série singular, onde cada episódio aborda uma temática diferente.

Portanto, o podcast é um formato de conteúdo relativamente fácil e menos custoso de produzir, o que comporta orçamentos mais modestos de T&D. Por isso, algumas estratégias têm usado eles da seguinte forma:

  • Produção interna: quando o podcast é produzido e distribuído pelo setor de T&D, compilando o conhecimento dos colaboradores para ajudar a treinar e desenvolver colegas.
  • Inclusão externa: quando as ações de T&D usam episódios específicos de podcasts de terceiros para auxiliar no treinamento e desenvolvimento de seus funcionários.

Vale lembrar, ainda, que podcasts produzidos internamente podem ser dirigidos de várias formas: como uma peça de roleplay para treinamentos de vendas, como pílulas de conhecimento ou etapas de trilhas de aprendizagem, por exemplo.

O que é Gamificação?

Se você já se sentou para jogar qualquer coisa, sabe que é bem fácil ficar preso no sistema de recompensas, né? Avançar as etapas, completar as tarefas, ganhar pontos. Tudo isso cria um ciclo de engajamento que nos faz nem perceber o tempo passar. O que é uma ótima qualidade para uma ação de T&D, não concorda?

Por isso a Gamificação tem ganhado tanto espaço dentro do T&D. Ela nada mais é do que a aplicação da mecânica dos jogos em ações de treinamento. Algo que pode ser usado tanto na construção de jogos corporativos como no desenvolvimento de trilhas de aprendizagem e ações individuais.

Por exemplo: tem uma trilha de aprendizagem que os colaboradores precisam completar para estarem aptos a fazer prospecção de clientes? Inclua um sistema gamificado onde eles são recompensados a cada treinamento assistido ou avaliação marcada como satisfatória com pontos que, ao concluírem todas as etapas, possam ser trocados por brindes, benefícios ou mesmo outras ações que colaborem com o desenvolvimento pessoal e profissional deles.

Aqui também é importante frisar que a Gamificação não é a mesma coisa que Jogos Corporativos. Isso porque a primeira diz respeito as mecânicas para a criação de um sistema de recompensas e a segunda são os games de fato, com o próprio nome diz.

Qual o nível de maturidade da sua empresa?

Benefícios do uso de podcast e gamificação na aprendizagem corporativa

A verdade é que não podemos mais fazer treinamentos como antigamente. E não só porque a tecnologia evoluiu, mas porque hoje em dia estamos lidando com 4 gerações diferentes no mercado de trabalho. E cada uma delas aprende de forma distinta, o que faz com que o T&D precise inovar para reter a atenção, instigar o engajamento e entregar resultados.

Por isso não dá para deixar de lado formatos e ferramentas que te ajudem nessa jornada, beneficiando os líderes, os colaboradores e o próprios negócio. Então dá uma olhada nessa tabela que preparamos com os benefícios do uso de podcast e gamificação na aprendizagem corporativa:

Benefícios

Podcast

Gamificação

Possibilidade de personalizar o conteúdo quando produzido internamente.Potencializa o engajamento através do ranking.
Pode ser consumido de acordo com o ritmo do aluno.Torna a jornada de aprendizagem mais leve e divertida.
Diminui a taxa de abandono de conteúdos longos escritos que podem ser narrados.Estimula o trabalho em equipe ao atrelar as recompensas ao grupo e não só ao indivíduo.
Baixo custo de produção (seja ela interna ou terceirizada).Aumenta a motivação através da rotina de recompensas.
Flexibiliza o T&D, já que pode ser consumido de forma remota em qualquer dispositivo.Incentiva uma atitude positiva em relação a aprendizagem.

Dá para gamificar podcasts em ações de T&D?

A resposta curta e rápida é: sim! Embora a natureza do podcast seja mais passiva, uma vez que o aluno consegue apenas escutar e não tem muita oportunidade de interagir diretamente com o conteúdo, é possível usar esse formato em trilhas de aprendizagem ou ações pontuais gamificadas – especialmente quando o podcast aparece como pílula do conhecimento.

Ações de T&D que dão resultados são aquelas que entendem que é necessário oferecer uma experiência educacional dinâmica – por isso a importância de investir em podcast e gamificação na aprendizagem corporativa.

Isso significa que os treinamentos não devem ser inteiramente constituídos de texto ou vídeo ou áudio, mas sim mesclar os formatos para potencializar o engajamento, melhorar a motivação e criar uma jornada interessante.

Dessa forma, ao pensar em um treinamento ou trilha gamificada, lembre-se de incluir diferentes formatos. E dê preferência aqueles que mais se adequam ao assunto e conteúdo tratado, de maneira a manter seus alunos interessados.

Sua empresa ainda não usa podcast e gamificação na aprendizagem?

Por aqui nós acreditamos que empresas que aprendem, crescem, e as demais desaparecem. Isso porque a aprendizagem constante é essencial para nos manter a par do mercado e dos consumidores, uma sincronia necessária para que possamos entregar cada vez mais experiências de qualidade.

Portanto é indispensável investir nas ferramentas certas. Então, agora que você já sabe o que é como eles te ajudam, que tal começar a usar podcast e gamificação na aprendizagem da sua empresa?

Aqui na Evolke somos especialistas em aprendizagem corporativa. Há mais de 10 anos auxiliamos empresas de todo o país a continuar aprendendo todos os dias. Vai ficar de fora? Clique no banner abaixo e agende um horário com um dos nossos especialistas para falar sobre as suas demandas educacionais!

Fale com um especialista sobre incluir podcast e gamificação na aprendizagem corporativa da sua empresa

fundo-6
detalhe-5

Peça uma demonstração

Por que escolher
a Evolke

Dimensionamos as reais demandas educacionais da sua organização para agilizar o proceso de escolha da melhor solução.

+10 mil

colaboradores
capacitados

invesmento
médio inferior a

R$10

por colaborador

facilitando o
T&D desde

2012

fundooo-5
fundo-6