Vídeos na aprendizagem corporativa: o formato que engaja 3 em 4 colaboradores

O engajamento dos alunos com ações de T&D que contenham vídeos é grande, mas não adianta usá-los a esmo. Neste artigo você aprende quando e como utilizar esse objeto de conhecimento nos seus treinamentos!
fundo-verde-pequeno

Receba conteúdos gratuitos no seu e-mail

fundo-roxo-peqeno
Vídeos na aprendizagem corporativa: o formato que engaja 3 em 4 colaboradores

O sonho de todo profissional de T&D é conseguir engajar os colaboradores nos treinamentos sem problema algum. E embora não exista uma solução mágica para isso, existem os vídeos na aprendizagem corporativa, que conseguem engajar até 75% dos colaboradores. Ou seja, 3 em cada 4 pessoas.

Leia mais:

A popularidade do formato para fins educativos aumentou bastante nos últimos anos, especialmente por causa do YouTube. Especificamente, em 4 anos o tempo médio que passamos assistindo vídeos subiu 135%. Para se ter uma ideia, em 2018 o brasileiro médio passou 19 horas semanais assistindo vídeos na plataforma, de acordo com o evento Youtube Brandcast.

Outro ponto que não dá para negar é que as gerações mais jovens – a Y e Z, que constituem a maior parte da força de trabalho atualmente – tem uma preferência grande por aprender com vídeos. E um dos segredos para treinar de maneira eficaz é justamente encontrar esse ponto de conectividade com os seus colaboradores.

Os tipos de vídeos para a aprendizagem corporativa

Mas vamos com calma! Ok, o brasileiro médio adora assistir vídeos. No entanto, vídeos longos demais, com uma pessoa falando do começo ao fim, não se difere muito de aulas longas e tediosas na educação formal.

Então como mudar isso para oferecer vídeos na aprendizagem corporativa que otimizem o engajamento e proporcionem uma boa experiência de ensino? Bem, você pode começar testando algumas das nossas dicas de formatos abaixo!

1 – Vídeos interativos

Um dos pontos que afeta o engajamento dos colaboradores com vídeos longos é que esse é um modelo de aprendizagem passiva. No entanto, quando investimento em vídeos interativos, é possível reter a atenção do aluno de maneira mais simples.

Assim, a nova geração de vídeos na aprendizagem corporativa – geralmente aplicados dentro do SCORM – instigam o aluno a interagir com o conteúdo através de botões, ações e perguntas que quebram a monotonia do “assistir”, para que o colaborador avance de forma lúdica em sua jornada de aprendizagem.

2 – Vídeos de microlearning

Como mencionamos acima, um dos grandes problemas em oferecer vídeos na aprendizagem corporativa é que os alunos vão desengajando depois de um tempo, especialmente com aqueles onde a exibição passiva é mais longa. Mas isso não significa que o modelo deva ser ignorado, já que ele pode ser usado no microlearning – em especial como pílulas do conhecimento.

Esses vídeos mais curtos e focados são usados para oferecer treinamentos pontuais e reforçar algo aprendido anteriormente. Ou, ainda, como uma forma de repassar um conteúdo complexo, já que ao fragmentá-lo em pequenas doses diárias auxiliamos o colaborador na absorção do conhecimento.

3 – Vídeos de 360 graus (AR e VR)

A utilização de Realidade Aumentada e Realidade Virtual estão ganhando cada vez mais espaço dentro da área de T&D. Isso porque elas oferecem aos colaboradores uma oportunidade de capacitação em um ambiente 100% seguro e controlável. Além disso, são formatos altamente engajadores, já que são completamente imersivos.

4 – Vídeos personalizados

Sempre que investimentos em ações de treinamento e desenvolvimento personalizados para a necessidade específica da empresa estamos gerando um conteúdo de valor. Isso porque a capacitação vai conseguir conversar diretamente com as dúvidas e necessidades dos colaboradores. Por isso, quanto mais contextualizado for o vídeo, melhor para conquistar a atenção e manter o engajamento dos colaboradores.

Uma dica para potencializar os vídeos na aprendizagem corporativa personalizada é utilizar os próprios colaboradores. Além de auxiliar na gestão do conhecimento interno, solicitando que os profissionais compartilhem suas experiências e conhecimentos adquiridos no posto de trabalho, os funcionários estarão mais dispostos a engajar com a ação para ver e ouvir os colegas.

Como escolher o melhor formato de vídeo para a aprendizagem?

Afinal, por que os alunos gostam tanto de vídeos na aprendizagem corporativa?

As preferências dos alunos pelo uso de vídeos na aprendizagem corporativa são inúmeras. Desde o foco visual e auditivo até o estilo de narrativa, tudo se conecta para criar um formato otimizado, motivador e engajador. Dessa forma, a capacitação deixa de parecer só mais uma atividade que eles precisam encaixar no seu dia a dia.

Além disso, quanto menos a aprendizagem se parecer com uma obrigação e mais com uma oportunidade, melhor para o desempenho dos colaboradores e o atingimento das metas. Por isso, separamos 5 motivos que tornam os vídeos na aprendizagem corporativa tão atrativos para os profissionais em treinamento.

1 – Visualização do conceito

Você já desenvolveu alguma ação de T&D (ou esteve em uma) que precisava visualizar uma operação ou algo do tipo e, apenas com base no texto escrito ou na fala do instrutor, não conseguiu? Pois bem, com o uso do vídeo na aprendizagem corporativa é possível mudar isso.

Essa dificuldade dos alunos em visualizar o conceito bom base apenas no texto ou fala não é rara, mas pode ser contornada com o vídeo já que ele pode ver o conceito em ação. Seja uma prática de segurança ou um processo diário, por exemplo. E isso acontece independente de ser uma animação, com atores, colegas de trabalho, etc.

2 – Imersão na narrativa

Você já ouviu falar em story telling? Ao aplicar essa técnica, desenvolvemos uma história para explicar um conceito, uma ação ou algo parecido. E, como todo mundo adora uma boa história, a aplicação dela nos vídeos acabam engajando ainda mais os colaboradores na jornada de aprendizagem.

Portanto, em vez de um vídeo com explicações de casos de sucesso, informações confidenciais ou mesmo como manter boas relações no ambiente de trabalho, é possível criar uma história onde o colaborador possa se ver no personagem e acompanhar sua posição, atitudes e tomadas de decisão para a solução dos problemas.

3 – Familiarização com o formato

Em pesquisa recente, o Google constatou que 87% dos brasileiros assistem vídeos pela internet. O que não é a surpresa, visto a popularização cada vez maior do YouTube e seus criadores de conteúdo.

Sendo assim, é seguro afirmar que as pessoas estão completamente familiarizadas e acostumadas com o formato. O que torna o uso de vídeos na aprendizagem corporativa uma ótima ideia, já que se tornou uma maneira mais confortável e automática das pessoas de consumir informações.

4 – Instrução nítida e sucinta

Um dos pontos óbvios para o uso de vídeos é que eles acabam apresentando o conteúdo de forma mais rápida, o que diminui o tempo de treinamento. No entanto, o grande trunfo desse formato – especialmente quando oferece opções interativas – é reduzir a carga cognitiva, acabando com o estresse, o tédio e a frustração de tentar compreender slides carregados de figuras.

Assim, a jornada de aprendizagem se torna mais clara e instrutiva. E isso, inclusive, facilita o ensino, como podemos ver no próximo item!

5 – Facilitação do ensino

Nem sempre é possível fazer com que os alunos compreendam um conteúdo técnico, por exemplo, apenas por meio de texto e figuras. Por isso, o uso de vídeos na aprendizagem corporativa é usado como um facilitador do ensino.

Isso porque, com a ajuda do áudio visual, é possível exemplificar mais facilmente procedimentos, como o uso de uma máquina por exemplo. Além de possibilitar que os alunos, de fato, vejam a execução prática da atividade. O que elimina a ambiguidade e colabora na compreensão.

Pronto para ter resultados nas suas estratégias de vídeo na aprendizagem corporativa?

Como vimos nesse artigo, o uso de vídeos na aprendizagem corporativa pode trazer uma grande vantagem para o setor de T&D e ajudar a treinar seus colaboradores de maneira mais assertiva, motivadora e engajadora. Também notamos como é importante que ele seja explorado da forma correta, já que qualquer recurso, quando mal utilizado, não consegue alcançar os resultados desejados.

E aqui na Evolke nós entendemos de treinamentos focados em resultados, pois acreditamos que toda ação de T&D deve estar alinhada com os objetivos de negócios para que seja usada de forma estratégica no crescimento da empresa. Então, está pronto para ver seus programas de treinamento dando resultado? Clique no banner abaixo e agende agora mesmo um horário com o nosso especialista para desenvolver a sua estratégia!

fale agora com um dos nossos especialistas sobre o uso de vídeo na aprendizagem!

fundo-6
detalhe-5

Peça uma demonstração

Por que escolher
a Evolke

Dimensionamos as reais demandas educacionais da sua organização para agilizar o proceso de escolha da melhor solução.

+10 mil

colaboradores
capacitados

invesmento
médio inferior a

R$10

por colaborador

facilitando o
T&D desde

2012

fundooo-5
fundo-6