6 passos simples para implementar uma Universidade Corporativa

A Universidade Corporativa te ajuda a centralizar toda a informação que seus colaboradores vão precisar em um único lugar! E com a ajuda de um LMS, fica ainda mais fácil. Acompanhe agora nossas dicas de implementação.
fundo-verde-pequeno

Receba conteúdos gratuitos no seu e-mail

fundo-roxo-peqeno
6 passos simples para implementar uma Universidade Corporativa

Chega de quebrar a cabeça em busca de diferentes maneiras de fazer a sua equipe performar melhor. Uma das formas de alcançar melhores resultados é com um time bem treinado e preparado para os desafios diários de suas áreas. E nada melhor capacitar os colaboradores do que uma Universidade Corporativa (também chamada de UC).

Leia também:

Investir em uma cultura de aprendizagem dentro da organização, visando desenvolver os colaboradores para executarem suas funções com qualidade, traz uma série de benefícios para as empresas. De vantagens competitivas até a fidelização de clientes, muito se pode conquistar com a implementação de uma UC – cujo investimento pode ser menor do que você imagina se optar por um LMS.

Em 2020, o chamado LMS (sistemas de gestão de aprendizagem) ganhou bastante destaque, uma vez que possibilita o treinamento de colaboradores de forma remota. Além disso, eles são excelentes ferramentas para desenvolver e disponibilizar a Universidade Corporativa da sua empresa, para que ela fique ao alcance de todo e qualquer colaborador.

Como funciona a Universidade Corporativa

Também denominada de Universidade Empresarial, a UC parte do princípio de pedagogia empresarial. Ou seja, de um ensino voltado aos profissionais. Trata-se de uma instituição de ensino ligada à organização, que pode ser pública ou privada. Com a Universidade Corporativa, torna-se possível oferecer cursos nas mais diversas áreas do negócio, seja de nível técnico ou mesmo, superior.

Não é um método novo, pois pesquisas mostram que desde a década de 1980 já existe investimento desse tipo nos Estados Unidos. Contudo, no Brasil, foram os últimos anos que colocaram a educação corporativa mais em evidência, a partir da necessidade de retenção e valorização pessoal, agregando valor à empresa.

Basicamente, a Universidade Corporativa visa oferecer capacitações aos funcionários, em diferentes linhas e aprofundamentos. Neste sentido, personaliza-se uma cultura de aprendizagem de acordo com os objetivos a serem atingidos pela organização.

Por que investir numa Universidade Corporativa?

Com uma UC é mais fácil investir em educação e tecnologia criados especialmente para a sua empresa e os seus colaboradores. Dessa forma, o investimento feito no colaborador também contribui para o crescimento da empresa. Além disso, a UC permite uma estruturação completa da aprendizagem. Assim, as organizações podem trabalhar a gestão dos resultados e desenvolver habilidades e competências necessárias a cada cargo.

A Universidade Corporativa também traz um custo-benefício bem maior para a empresa, já que os treinamentos internos específicos são muito mais eficazes – e baratos – do que bancar os estudos externos dos colaboradores. Sem falar na agilidade e facilidade de acesso aos cursos, bem como na formação dos profissionais de acordo com a demanda da organização. Outros benefícios da UC são:

  • Missão, visão e valores alinhados;
  • Capacitação imediata de novos colaboradores;
  • Promoção de habilidades específicas;
  • Identificação de potenciais líderes na organização;
  • Capacitação focada no amanhã;
  • Redução de custos;
  • Valorização dos colaboradores;
  • Distinção entre os papeis de cada profissional dentro da empresa;
  • Aumento nos resultados e a pontualidade.

Outro fator que coloca a Universidade Corporativa em evidência é a agilidade e facilidade de acesso dos cursos, bem como na contribuição para formar os profissionais de acordo com a cultura, demanda e necessidade da empresa.

Uma UC precisa de sede física?

Embora algumas Universidades Corporativas possuam sedes físicas – como é o caso da Universidade do Hambúrguer, do McDonald’s – é mais comum que elas sejam construídas dentro de um LMS.

Isso porque uma sede física envolve um investimento que muitas empresas não estão preparadas para fazer. Além disso, manter universidades corporativas em espaços físicos também limita o tipo de empresa que pode implantar uma. E, como vimos acima, a realidade é que qualquer empresa pode apostar em uma UC para estruturar suas ações de T&D.

Portanto, a UC pode ter uma sede física, mas não é obrigada. Assim, tudo que você realmente vai precisar para viabilizar essa escola dedicada ao seu negócio, é uma plataforma digital onde organizá-la.

6 passos simples para implementar uma Universidade Corporativa

Como ter uma Universidade Corporativa em 6 passos

Desenvolver uma Universidade Corporativa não é um bicho de sete cabeças! Ao falar de UC pode até parecer que é uma estratégia apenas para grandes empresas, mas com a ajuda de um LMS e dos passos abaixo, todas as empresas podem capacitar os colaboradores com foco em sua cultura, necessidades e demandas.

Afinal de contas, não são apenas as multinacionais que se beneficiam de colaboradores bem-preparados e desenvolvidos. Uma empresa que investe na aprendizagem de seus funcionários está, também, investindo na inovação, renovação e transformação de seus processos, produtos e serviços.

Passo 1 – Mapeamento

Antes de se criar uma Universidade Corporativa, é preciso mapear como está a situação da sua organização. Quantos funcionários você tem? Quais são os objetivos estratégicos da empresa? E, principalmente, quais são as necessidades de capacitação para esses colaboradores?

Assim será possível definir pontos importantes como, por exemplo: quais as funcionalidades que seu LMS precisará ter, quais os tipos de treinamentos você vai usar (personalizados ou de prateleira), quem vai desenvolver as ações e como esses cursos serão oferecidos aos colaboradores.

Passo 2 – Percepção da cultura de aprendizagem

Depois de mapear as necessidades é preciso, então, compreender que o investimento em uma Universidade Corporativa pode trazer benefícios de maneira geral. Neste sentido, deve-se promover uma mudança na organização, no entendimento de se acreditar na cultura da aprendizagem.

Essa mudança deve abranger todos os níveis hierárquicos da organização, sem exceção. Os colaboradores precisam ver todos os gestores investidos na cultura de aprendizagem para que eles, também, passem a entendê-la como parte intrínseca da empresa.

Passo 3 – Estabelecimento de prioridades

Você já mapeou as necessidades e já trabalhou a mudança de cultura interna? Agora é preciso estabelecer prioridades, uma vez que não basta oferecer os cursos específicos, de acordo com o que foi mapeado, mas também saber onde se deseja chegar.

É indispensável definir metas e objetivos para a empresa no geral, bem como para os próprios colaboradores. Assim será possível acompanhar o progresso e os resultados, além de permitir ajustes nas ações que não entregarem o que é esperado delas.

Passo 4 – Investimento

Agora que a parte do planejamento está finalizada, é hora de pensar em como viabilizar. Agora é a hora de ver quanto você quer ou pode investir nessa instituição de ensino. Isso influencia diretamente na estrutura e no formato dos cursos, em quantas pessoas serão envolvidas no seu desenvolvimento. É hora de pensar no dinheiro.

É nessa etapa, por exemplo, que você vai pensar no tipo de LMS que precisa, o tipo de treinamento que vai oferecer (se eles serão personalizados de acordo com a sua demanda ou serão adquiridos prontos, no formato de prateleira) e se a sua equipe terá apoio para desenvolver os cursos ou eles serão produzidos por uma empresa terceira.

Passo 5 – Estruturação

Se já tem um valor definido, vamos partir para a fase de estruturação dessa Universidade Corporativa. Quais cursos serão oferecidos? Como serão as aulas? Como será o envolvimento da organização e dos funcionários? A empresa terceira que fornece o LMS vai se responsabilizar pelo desenvolvimento dos cursos ou eles serão feitos pela sua equipe?

O fato de organizar uma Universidade Corporativa digitalmente, por meio de ambientes virtuais de aprendizagem, facilita a parceria com empresas e consultorias especializadas em educação corporativa. Dessa forma, elas poderão cuidar de toda a estruturação desses cursos, cabendo a sua empresa apenas supervisionar o desenvolvimento das capacitações.

Passo 6 – Mensuração de resultados

A Universidade Corporativa está implantada? Então fique atento, pois o trabalho não para por aí. É necessário mensurar constantemente os resultados e entender que se trata de formações contínuas, que devem se modificar de acordo com o desenvolvimento da organização.

É através dessa mensuração que será possível acompanhar o desempenho das ações de T&D da sua UC e dos colaboradores capacitados. Além disso, é com esses dados que os gestores poderão tomar as próximas decisões sobre os programas de aprendizagem.

Nessa etapa o LMS se prova uma ferramenta ainda mais poderosa, pois gera relatórios pré-definidos e personalizados, além de permitir o cruzamento de dados conforme a necessidade da empresa. Assim, a plataforma permite que os gestores façam uma avaliação completa das informações e resultados das ações de T&D.

Que tal começar a desenvolver a sua Universidade Corporativa?

Depois de entender todos esses passos, vamos seguir adiante e investir na capacitação dos seus colaboradores? Lembre-se que funcionários bem-preparados e valorizados acabam mais focados em suas atividades e isso reflete diretamente na forma como lidam com os clientes.

Portanto, se o seu objetivo é fidelizar clientes, o melhor caminho a percorrer é manter uma equipe bem-preparada e satisfeita através de uma Universidade Corporativa. Então, vamos começar? Clique no banner abaixo e agende um horário para conversar com o nosso especialista sobre implementar uma UC na sua organização!

6 passos simples para implementar uma Universidade Corporativa

fundo-6
detalhe-5

Peça uma demonstração

Por que escolher
a Evolke

Dimensionamos as reais demandas educacionais da sua organização para agilizar o proceso de escolha da melhor solução.

+10 mil

colaboradores
capacitados

invesmento
médio inferior a

R$10

por colaborador

facilitando o
T&D desde

2012

fundooo-5
fundo-6